Aconteceu nesse dia 07 de Junho de 2017, no Complexo Esportivo do Curso de Educação Física da Faculdade Vértice uma aula prática na disciplina de Prática Pedagógica III, com os alunos do 4° e 5° Períodos do Curso de Educação Física da Faculdade Vértice. A aula foi ministrada pela Professora Esp. Joana Martins Andrade. A professora Joana é ex-aluna dos cursos de Graduação e Pós-graduação em Educação Física da Faculdade Vértice, e atualmente, docente nesta disciplina, dentre outras, nesta mesma instituição. Fato esse que demonstra a seriedade em relação à formação de seus acadêmicos, e condução destes ao mercado de trabalho. A aula teve como objetivo demonstrar as diversas vivências e aplicabilidades da realidade prática do futuro profissional de educação física.

Foram realizadas diversas atividades em forma de Gincana, visando o processo ensino aprendizagem no qual todos planejaram e aplicaram.  Todas as atividades foram pensadas na INCLUSÃO de PESSOAS COM DEFICIÊNCIAS, possibilitando assim a participação de todos nas atividades sem perder a objetividade da mesma. Lembrando que a Educação Física contempla múltiplos conhecimentos produzidos e usufruídos pela sociedade a respeito do corpo e movimento. Considera-se fundamental para a Educação Física as atividades culturais de movimento com finalidades de lazer, expressão de sentimentos, afetos e emoções e com possibilidades de promoção, recuperação e manutenção da saúde.

Ser professor de Educação Física é, antes de tudo, ser educador. Ser professor é preocupar-se com o “ser” do aluno. Sendo o professor mediador do processo ensino aprendizagem, fazendo com que seus métodos de ensino sejam capazes de atender as necessidades de seus educandos, onde possa realizar no educando o senso crítico, a autoconfiança e sobre tudo a autonomia, relata a professora Joana.

O momento de aula foi de grande descontração, participação e envolvimento direto dos acadêmicos, sendo que a professora fez questão de destacar através de atividades e brincadeiras “GINCANA”, a aplicabilidade prática de seus conteúdos de aula, sendo estes aproveitados tanto no contexto escolar e/ou em diversos outros momentos de atuação do profissional de educação física, verificando assim a necessidade do maior número possível de tais vivências durante todo processo de formação acadêmica dos estudantes.